As 10 melhores dicas para projetar e decorar um quarto infantil

Projetar e decorar o quarto de uma criança é um processo que inevitavelmente atrai a criança interior dentro de nós: uma oportunidade de criar o quarto do qual gostaríamos se tivéssemos sido responsáveis ​​em nossa época.

Muitas das belas qualidades das crianças – imaginação, criatividade, expressão – podem ser aproveitadas ao decorar um quarto infantil, mas a extravagância que tanto admiramos nelas pode ser um falso amigo: só porque queriam um quarto com tema Minions ontem, não significa que eles vão querer um daqui a dois anos. Esteja aberto a ideias e sugestões, mas se você está projetando um quarto para durar, mantenha os olhos focados no futuro.

O quarto de uma criança precisa servir a múltiplos propósitos – sala de jogos, estudo e descanso – mas seu papel mais importante é proporcionar ao seu filho (seja qual for sua idade) um local de conforto e segurança ao final de um dia atarefado. Seja qual for o seu orçamento ou restrições de espaço, abaixo você encontrará 10 dicas para ajudá-lo a projetar e decorar um espaço duradouro para o seu filho crescer.

1 – Adesivos de Parede

Decalques são uma maneira perfeita para decorar as paredes do quarto do seu filho, especialmente se o local for alugado.

Use adesivos como parte de um tema ou apenas como um plus divertido em paredes brancas e lisas.

Deixe seus filhos escolherem os adesivos e se for o caso até colocá-los na parede.

À medida que seu filho cresce, ou simplesmente se cansa do tema, é fácil remover os adesivos e substituí-los por outra coisa ou deixar as paredes vazias. Você pode encontrar adesivos de parede em praticamente qualquer tema imaginável.

2 – Espaço de estudo

Uma vez que seu filho tenha idade suficiente para ter o dever de casa e o tempo de estudo regulares, ele precisará de uma área projetada para trabalhos escolares e outra área para relaxar e sonhar acordado.

Você não precisa de nada elaborado – uma mesa simples e uma cadeira ajustável são suficientes para o dever de casa.

 

3 – Prateleiras

Crianças e bagunça sempre andam juntas, mas você pode tornar a organização mais fácil , oferecendo muitas prateleiras abertas com espaços ou cestos para guardar brinquedos e jogos. Isso facilita o acesso aos pertences e, mais importante, facilita a visualização de onde cada brinquedo vai quando o tempo de brincadeira termina.

4 – Maximize o espaço

Em um pequeno quarto, maximize o espaço empurrando a cama contra a parede, de modo que a cabeceira da cama fique em um canto. Isso abre espaço para a brincadeira e também para a colocação de um tapete bacana.

5 – Armário ou closet

O armário de uma criança precisa ser calculado para que ela tenha acesso aos seus pertences.

Se possível projete o cabideiro em uma altura que a criança consiga pegar sua roupa infantil.

Use prateleiras para itens maiores e gavetas para meias, roupas íntimas e acessórios.

Etiquete cada gaveta, se necessário, para tornar mais fácil para o seu filho lembrar o que vai onde, e providencie um banquinho ou puff para que ele possa alcançar os itens nas prateleiras mais altas.

Sapateiras de correr facilitam a organização dos calçados e o acesso ao sapato infantil  sem muita bagunça.

6 – Coloque seu filho para participar

A maioria das crianças tem paixão por algo: espaço, insetos, a cor rosa ou um personagem de desenho animado popular.

Se possível tente trabalhar um pouco em cima dos interesses da criança. O quarto não precisa ser inteiro temático, mas pode ter brinquedos, figuras ou quadros alusivos ao tema.

Enquanto você mantiver a simplicidade, será fácil modificar o estilo do ambiente à medida que seu filho ou filha amadurece.

7 – Arte

A arte é uma ótima maneira de trazer interesse visual a um quarto, e pode ser uma ferramenta útil quando se trata de ditar um esquema de cores: cores pop podem ser espelhadas em roupas de cama e móveis, ajudando a unificar o espaço de forma sutil e de maneira harmoniosa. Impressões gráficas ou modernistas podem emprestar um tom mais sofisticado aos espaços habitados por crianças mais velhas.

Encha paredes com arte em todas as formas e tamanhos

 

8 – Luzes

A importância da iluminação nunca deve ser subestimada ao decorar o quarto de uma criança: as luzes de fadas ajudam a criar um ambiente mágico, a iluminação de tarefas acima ou ao lado da escrivaninha ajudam a estimular a leitura e os abajures decoram e dão vida ao ambiente.

 

9 – Peças Versáteis

Manter uma atitude de aproveitamento ao projetar um quarto infantil é uma coisa sensata a se fazer. Uma cômoda pode funcionar como um trocador de bebês e voltar ao seu propósito original, uma vez que as fraldas são coisa do passado. Se você não quer que o quarto do seu filho seja invadido por brinquedos e pela desordem geral, as camas com gavetas de arrumação são fáceis de usar.

Tapetes, cortinas, almofadas e roupa de cama proporcionam oportunidades para introduzir padrão, cor e textura para o quarto do seu filho de uma forma relativamente barata.

10 – Divirta-se

A infância é tão rápida – antes que você perceba, seu filho estará crescido. Aproveite ao máximo esses anos preciosos de infância enquanto ainda os tem, e não se preocupe com as pequenas coisas. Divirta-se decorando o quarto do seu filho e procure fazer isso ao lado dele.

 

Sou Marília Tannuri Verni – Mãe de 2 meninos (Ian – 11 anos e Lorenzo – 4 anos), publicitária, idealizadora do portal Grávida em Campinas e proprietária da loja infantil on line Petit Papillon Bebê & Criança. Uma apaixonada pelo universo infantil e por todas as chances que a maternidade nos proporciona.

As 10 melhores dicas para projetar e decorar um quarto infantil
Avalie Este Artigo