Dicas: “Faça” e “não faça” de decoração

As regras de decoração de interiores podem ser tão sólidas como uma rocha ou tão abertas quanto à interpretação do céu. Mas a maioria dos especialistas concorda que você deve primeiro aprender as regras antes de começar a quebra-las.

Tapetes

Aqui estão algumas dos “faça” de decoração:

Esboçar o seu “plano de ambiente”: registrar as dimensões da sala, tamanhos de janela e colocação, e a localização de tomadas elétricas, e assim por diante. Leve o “plano” com você quando você for as compras.

Descubra seu estilo pessoa: leia revistas, visite ambientes e veja sites para saber que estilos e cores realmente cicm relação com você.

Identifique o ponto focal de um ambiente: uma lareira, uma vista, uma cama, um armário.

Misture padrões: Listras, xadrez, formas geométricas

Considere os usos e funções de uma sala antes de comprar a mobília: Por exemplo, se sua sala de jantar também será o seu estudo, então você vai precisar de espaço para uma mesa, livros, iluminação e arquivos, bem como a mesa da sala de jantar e cadeiras.

Escolha acessórios que reforçam a cor, o estilo e o tema de um quarto.

Enfatize os elementos importantes de um ambiente, e esconda os elementos pouco atraentes ou sem importância.

Use uma variedade de texturas (lisas, ásperas, brilhante) quando você quiser adicionar interesse em um quarto.

Considere a localização da sua casa e o estilo arquitetônico ao planejar interiores.

Regras de decoração são feitas para serem quebradas. No entanto, seguir algumas regras pode ajudar a dar ao seu projeto um foco que uma abordagem mais casual não pode.

decoração lee robinson

Aqui estão algumas dos “não faça” de decoração:

Não pinte primeiro as paredes para depois procurar tecidos para combinar. A pintura pode ser combinada com qualquer um dos detalhes dos estofados, carpetes e tecidos de cortina.

Não pinte uma sala sem tentar uma amostra da cor no quarto. Lascas de tinta minúsculas podem ser enganadoras quanto ao tom e profundidade da cor. Por isso, sempre pinte uma placa de teste para confirmar suas escolhas.

Não vire as costas para o ponto focal do quarto. Organize seus móveis em torno deste importante recurso.

Não esqueça os detalhes. Se o tema é mediterrânico, procure bases da lâmpada de ferro, e mesas de azulejo. Se você ama Cottage, use acessórios platinados brancos, acentos florais e rendas.

Não escolha as cores que estão em uma loja. Tente levar as amostras (de tintas, tecidos e revestimentos para pavimentos) de volta para sua casa e olhar para eles durante o dia e à noite.

Não gaste muito dinheiro em itens caros que estão “na moda”. Experimente as tendências que realmente tem a ver com você.

Não ignore os efeitos de humor das cores – vermelho é excitante, azul calmante e amarelo é feliz – assim escolha esquemas de cores que reforçam o sentimento que você deseja criar em sua casa.

Não explodir todo o seu orçamento em algo que não é funcional, clássico, ou de longa duração, a menos que você esteja completamente apaixonado e não possa viver sem ele. Em geral, é melhor começar com o básico e construir a partir daí.

Dicas: “Faça” e “não faça” de decoração
Avalie Este Artigo