Piscina Elevadas: Como montar piscinas com pouco espaço em casa

Construir uma piscina é algo que além de exigir um investimento alto, tanto para a construção quanto para a manutenção, demanda um longo tempo de planejamento detalhado sobre o melhor posicionamento, os materiais a serem utilizados, tamanho, etc. As piscinas ainda são consideradas exclusividade de pessoas abastadas, chegando a ter o status de artigo de luxo.

 

Mas essa realidade está mudando aos poucos, e uma opção criativa veio para dar a solução final para quem anseia tanto em ter uma piscina em casa. São as chamadas piscinas elevadas, ou acima do solo, que chegaram como uma saída para aqueles que eram impedidos de escavar o solo seja porque a construção iria destruir um revestimento nobre ou o imóvel se localiza em um condomínio fechado e há a proibição de reformas drásticas. E também é uma novidade para os apaixonados por inovações no setor de arquitetura e decoração.

Os modelos elevados dão um ar de modernidade e podem ser construídos em terraços, lajes, coberturas ou em quintais sem dar muito trabalho na hora de instalar. Isso porque normalmente são edificadas sob a construção que já existe, economizando tempo já que será necessário somente adequar a piscina ao ambiente. Sua estrutura base pode ser em alvenaria ou em concreto armado, recoberta com vinil, pastilhas e ladrilhos ou pode-se optar por uma já pronta feita de fibra.

 

Se o espaço reservado para a piscina é limitado, uma boa opção é uma em formato redondo. Esses modelos se encaixam bem em áreas de lazer e em um tamanho reduzido podem fazer as vezes de um ofurô. Nesses casos onde o espaço é pequeno é comum a utilização de um deck de madeira para posicionar a piscina, independente de seu formato.

 

Terrenos mais estreitos e alongados também podem receber uma piscina elevada, basta que o projeto respeite o formato do ambiente e otimize o espaço disponível. Mas quando o único local que resta para a instalação da piscina é uma varanda ou uma laje, é necessário verificar se a estrutura do edifício aguentará o peso da piscina depois de instalada, sem contar que deve-se ter uma atenção maior com a impermeabilização. É importante salientar que apesar de parecer um projeto simples de ser realizado, não dispensa a avaliação e acompanhamento de um profissional da área.

A manutenção é a mesma aplicada às piscinas escavadas no solo, a necessidade de um filtro para manter a água limpa e o uso de produtos químicos. É importante observar se o local onde ela será instalada têm árvores cujas folhas podem voar e acabar sujando a piscina, dando mais trabalho na manutenção.

Piscina Elevadas: Como montar piscinas com pouco espaço em casa
Avalie Este Artigo