Reforma de restaurante | 5 dicas de como economizar

O que torna um restaurante atraente?  O que gera crescimento para um restaurante em meio a tanta competitividade?

Sem dúvidas que reformar o local é um dos pontos mais importantes e de suma prioridade para muitos estabelecimentos. O que impede muitos donos de restaurantes é não saber como economizar na hora da reforma, mas todos sabem que nada melhor do que um ambiente bem planejado para tornar a experiência do cliente ainda melhor.

Portanto, não apenas reformas do estabelecimento mas uma real inovação para os estabelecimentos gastronômicos consiste em ter um atendimento eficiente, otimizar o tempo da produção sem perder qualidade e reduzir os desperdícios, todos esses pontos estão ligados a uma boa reforma.

Aprenda agora como crescer nesse mercado com algumas recomendações da Larissa, da equipe da Neogourmet, sobre como reformar um restaurante sem gastar muito.

 1. Estude sobre o seu negócio

 

É comum donos de estabelecimentos que não entendem muito sobre o seu negócio, impedindo assim a criação de estratégias e a visão do que está errado no local. Um bom business plan é o começo de tudo. É preciso que a pessoa que irá investir, entenda quais os pontos de infraestrutura, atendimento entre outros que precisam ser melhorados.

Uma boa reforma inclui muitos detalhes, por exemplo, abertura de novos espaços para gerar diferentes ambientes, ajudar na operação e antes de qualquer decisão, é preciso que o próprio dono perceba as condições reais do local e tenha em mente as modificações que precisam ser feitas, sabendo que realizando tais mudanças, o negócio vai gerar mais lucro.

2. Organize o espaço para a reforma

 

Para os estabelecimentos que já estão em funcionamento, à organização do local antes da reforma é essencial para não atrapalhar a operação. Portanto, avise aos clientes sobre a reforma e separe um ambiente que permaneça aconchegante para colocar as mesas. Caso o local não tenha outro espaço e a reforma exija alteração do ambiente, informe com antecedência sobre o não funcionamento do local para a realização da reforma, com certeza os seus clientes entenderão e em pouco tempo o local estará funcionando de forma efetiva.

3. Tenha um projeto de arquitetura antes de iniciar a obra | economize

Muitas pessoas querem realizar reformas mesmo não tendo um projeto em mãos. O projeto arquitetônico é a chave para uma obra organizada e sem gastos inesperados. Economizar na reforma têm tudo a ver com um bom projeto, pois antes mesmo de comprar o material, já existe um planejamento, um valor médio a ser gasto e se torna mais difícil encontrar surpresas no meio do caminho ou erros nos processos de reforma.

4. Fale com uma empresa especializada no assunto

 É comum encontrarmos empresas para a realização do projeto ou focadas em construção e reformas em geral, mas o ideal é encontrar uma empresa especializada tanto em projetos como reformas para restaurantes. A experiência da empresa com esse modelo de negócio, e parceiros também especializados, torna o processo mais eficaz e detalhado, gerando economia.

5. Inove em cada decisão

 Um restaurante pode ser inovador na hora de planejar uma reforma sem gastar muito, tudo depende da visão que os donos e profissionais envolvidos terão sobre o negócio. Contudo, é importante buscar diferenciais em todos os aspectos: na arquitetura do local, design de interiores, cardápio, operação e, sem dúvida, atendimento.

É certo que o proprietário precisará investir tempo e dinheiro, mas todas as dicas colaboram para economizar desde o inicio realizando os processos de reforma da maneira certa. Com certeza uma boa reforma vai agregar muito valor ao estabelecimento.

 

 

 

 

 

 

 

Reforma de restaurante | 5 dicas de como economizar
Avalie Este Artigo